[ Inicio ] [ Hacking ] [ CTFs ] [ Rant ]
.:: Brenn0 Weblog ::.

Título : A vida tem sentido?
Autor : brennords
Data : 22/04/2014
            

Hoje iniciando mais uma categoria nova (assim como fiz na última sexta-feira 18/04), que terá sempre uma indicação de link ou site que eu achar de conteúdo relevante para o blog.

Pretendo postar todas as segundas-feiras um novo link. Eu sei que hoje é terça, mas ontem (21/04) foi feriado então me deem uma folga.

Chega de papo e vamos ao que interessa.

O que trago é do site Papo de Homem (que também indico como um todo). O link não tem uma relação com a computação mas sim com a vida.

“Vi o fim de mil vidas, de jovens e velhos. E cada um deles estava tão seguro de sua realidade, de que sua experiência sensorial formava um indivíduo único, dotado de propósito, de significado, tão seguro de que era mais do que um fantoche orgânico. Bom, a verdade sempre aparece, e todo mundo percebe que, quando as cordas são cortadas, todos caímos. Não importa se eles já estão mortos, você ainda consegue ler em seus olhos. E o que você vê? Que eles deram boas-vindas à morte. Não no início, mas exatamente no último instante. Isso é um alívio inconfundível, pois antes eles estavam com medo e aí percebem pela primeira vez como é fácil simplesmente se entregar. E eles percebem naquele último nanossegundo que eles, que você, você mesmo, que todo esse grande drama não passa de um ajuntamento de presunção e de tola vontade, e que você pode finalmente se deixar levar, agora que não precisa suportar tudo com tanta firmeza, e ver que sua vida, que todo seu amor, seu ódio, suas lembranças, sua dor, tudo isso foi uma mesma coisa: tudo o mesmo sonho, um sonho que você teve dentro de um quarto trancado em sua cabeça, um sonho sobre ser uma pessoa.”

E com essas palavras do personagem Rustin do seriado True Detective (que também indico por ser uma das séries mais fodas que já vi) que o post se inicia. Me fisgou logo, né?

Abaixo o vídeo da cena em que o monólogo acontece. Não há spoilers, juro. Veja em tela inteira. https://www.youtube.com/watch?v=P9pLhiyY2Gk

O texto que se segue durante o post nos faz pensar. Pensar muito.

Quem me conhece sabe que tenho a tendência de fazer perguntas e passar horas (bebendo ou não) sozinho e pensando sobre coisas do tipo: “A vida tem sentido? Vou morrer mesmo? Algum dia vou me sentir realizado ou isso é uma ilusão?”

Muitos acham perda de tempo, que não se ganha nada com isso e etc. Acredito que seja completamente o contrário, afinal, o que seria mais importante do que pensar e questionar sobre a própria vida?

http://brenn0.files.wordpress.com/2014/04/tumblr_mzc20ethmg1qk6mq4o1_500.gif

O post vai seguindo e abordando coisas como a consciência que nós temos e como isso afeta nossa forma de ver o mundo. Cita alguns autores, obras e filósofos e consegue com louvores alcançar o objetivo do autor que é, pela suas próprias palavras, “nos convidar a uma longa viagem ao fim da noite”.

E essa viagem consegue ser foda.

Segue enfim o link para o texto completo: http://papodehomem.com.br/a-vida-tem-sentido/

É um pouco longo e recomendo que se leia com atenção, ou seja, feche essas abas do facebook e esqueça o whatsapp por uns minutos.

Sei que o post não tem haver com computadores ou tecnologia e que eles são foco principal do blog, mas acredito que esse é um daqueles textos que são interessante para todos, quer dizer, quase todos, apenas os que tem uma vida.